Buscar
  • Thiago Tamiozzo

O perigo do Wi-Fi desprotegido

O Wi-Fi doméstico está incluso no dia a dia do brasileiro, cerca de 81% da população com mais de 10 anos tem acesso à internet hoje e, por isso, é importante ter alguns cuidados para garantir sua segurança e uma conexão estável nos seus dispositivos.

Uma rede sem senhas ou com senhas muito fáceis é um alvo fácil para conexões indesejadas as quais podem gerar alguns problemas sendo eles: Redução drástica na velocidade


Os roteadores Wi-Fi tem capacidades distintas de acordo com seu processamento, armazenamento e memória.


Em geral, roteadores residenciais tem um limite pequeno em relação à quantidade de conexões e quando muitos usuários compartilham a mesma rede a tendência é que a velocidade seja reduzida para todos os dispositivos.


Sendo assim, mesmo que você tenha uma conexão com uma velocidade muito alta, se seu Wi-Fi estiver “superlotado” você não conseguirá utilizar o máximo da capacidade dele.


Travamentos mais frequentes

A comunicação pela internet nos dá a sensação de que as coisas acontecem todas ao mesmo tempo, e em tempo real, mas não é bem assim.


Tudo que você faz na internet é dividido em pequenas partes e depois, no destino essas partes são remontadas, como um quebra-cabeça.


Acontece que por diversos momentos, algumas dessas pequenas partes são perdidas no processo e depois reenviadas. Essas pequenas partes perdidas geram erros que ficam armazenados na memória do roteador e, com o passar do tempo esses erros se acumulam até ocasionar em um travamento do roteador, necessitando que o mesmo seja desligado e ligado novamente para que tudo volte a funcionar corretamente.

Dessa maneira, quanto mais usuários estiverem usando a internet simultaneamente, mais erros e falhas serão armazenados(principalmente quando estes usuários estão com um sinal muito fraco, pois isso gera mais erros) maior será a frequência que seu roteador irá travar e terá que ser reinicializado.


Infecção através de dispositivos previamente infectados


Como sua rede está insegura, isso permite que qualquer dispositivo se conecte a ela sem muito esforço e como não há nenhum filtro há um risco iminente de celulares ou computadores que já estejam infectados com vírus se conectem na mesma rede que você.

Alguns malwares do mercado vasculham a rede onde estão conectadas procurando dispositivos que tenham brechas para infectar eles também, dessa forma, qualquer dispositivo desatualizado ou com uma brecha de segurança pode ser infectado também, esse novo dispositivo infectado, irá buscar brechas em todas as redes que se conectar para infectar novos dispositivos e também será possivelmente usado para ataques de negação de serviço no futuro.


Mantenha sua segurança em dia


Para evitar essas e outras situações o recomendado é que você mantenha a segurança de seu Wi-Fi e de seus dispositivos em dia, algumas coisas são essenciais como a atualização do roteador sempre que houver, atualização dos sistemas operacionais de computadores e smartphones, atualização de senha do Wi-Fi regularmente e cuidados a sites e links que você acessa.


A Celerium te ajuda nisso!


Sempre que precisar fazer uma alteração de senha, nossa equipe pode fazer as alterações de senha do seu Wi-Fi para você, de forma remota, através dos nossos canais de comunicação.


58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo